27 de jul de 2013

Ordinary Girl: Capítulo 1 - Confusão


Sinopse da fanfic aqui



A menina mirava a janela com os seus olhos observando a vista da janela de seu quarto, ela podia ficar horas olhando a grande árvore que tinha no seu quintal, ela estava florida devido à primavera, Olívia tomava um mate que sua mãe havia feito, ela era apenas uma garota comum, que preferia ficar sozinha na maior parte de seu tempo.

Ela ficou admirando aquilo, até que o sono a dominou, fazendo-a levantar de sua cadeira apoiada estrategicamente na janela, tomar seu banho relaxadamente antes de pegar seu pijama, vesti-lo e se jogar na cama dormindo logo em seguida.

Acordara com o seu despertador indicando que era hora de acordar e ir para a escola, mas a garota não sentia nenhuma vontade de ir para a escola, talvez pelas pessoas que estudavam nela ou os professores chatos.A única professora que realmente gostava era a sra.Gosk, ela fazia com que literatura parecesse interessante e com que os alunos realmente gostassem e se esforçassem na mesma, todos amavam a sra.Gosk e ninguém queria desapontá-la.

Levantou-se de sua cama após esticar os braços e seguiu ao banheiro, tomou seu banho e colocou o uniforme da escola que consistia em uma saia plissada turquesa  três dedos acima do joelho e uma blusa social branca para as garotas, e os meninos da mesma forma só que com uma calça social preta em vez da saia e uma gravata também turquesa, deixou o seu cabelo solto e desceu para tomar café.

-Bom dia mãe -dissera enquanto entrava na cozinha- Jason - seu irmão fez um sinal com a cabeça e ela  retribuiu.

Foi para a escola com Jason, como fazia todos os dias, ele sempre dava carona para um dos seus "brothers" como ele mesmo chamava, ele se chamava Justin Bieber, talvez um dos garotos mais bonitos da Omagh High School, com seus cabelos sempre arrumados em um topete, deixava qualquer garota daquele colégio hipnotizada, e com Olívia não era diferente, talvez fosse uma das mais hipnotizadas, Justin não a via com esses olhos, do mesmo jeito que ela o via, mas ela não esperava isso dele, na verdade, nunca esperou.

Ele entrou no carro como sempre fazia, arrumou o topete, abriu a porta e entrou no banco do passageiro.

- Bom dia. - disse ele.
- Bom dia. -responderam os dois irmãos.

E então Jason e Justin começaram a  conversar sobre as garotas "escolhidas" deles, certamente as que iriam ficar nesse mês, ela não prestava atenção nessas conversas, não achava educado bisbilhotar a vida deles, mesmo que indiretamente.

Nessa viagem, ela leu mais um pouco do seu livro de romance, gostava de se iludir com historias clichês que nunca aconteciam na vida real, não recordo o nome do livro, mas sei que possuía um final muito feliz porque, quando o carro parou na frente do colégio naquela segunda feira cinzenta, Olívia parecia muito feliz por ter acabado o livro, e possuía um dos seus melhores sorrisos, foi a primeira a sair do carro e foi a encontro de Lúcia, sua melhor amiga.

- Você nem imagina o que aconteceu Olívia.

- O que aconteceu? -a menina perguntou curiosa.

- A Perrie e o Charles terminaram. - disse Lúcia com um sorriso

- Como assim? Quando? Ontem mesmo eles estavam se amando no intervalo.

- Ele pegou ela o traindo.

-Por que ela faria isso?

- Ela não dava valor a ele, mesmo o amando ela não se deu conta do quanto ele é especial.

- Bom para você então, já pode atacar. -disse a menina soltando uma risada um tanto quanto estérica.

- Ele está quebrado, eu não vou fazer isso, vou tentar ser amiga dele, ele é da minha sala mesmo.

- E o Bieber é da minha e o mais engraçado disso é que eles repetiram de ano juntos. -disse suspirando.

- É, ainda não sei como ele não te viu com os mesmos olhos que você o vê.

- Mas eu sei, por que um dos garotos mais populares da escola iria gostar de mim? feia que nem eu sou, tem meninas muito mais bonitas que eu nessa escola, eu realmente não me importo com quem ele vai namorar, eu só quero que ele seja feliz.

- Lá vem você com o seu papo "eu sou feia", você não é feia Olívia, pelo amor de Deus, até um cego consegue perceber isso- disse Lúcia naquela pequena discussão que foi encerrada  pelo sinal.

As duas se despediram e Olívia caminhou até a sua sala, sentou na primeira cadeira e abriu o caderno, começando a anotar o que estava escrito na lousa.

Na hora do intervalo, como de costume, ficou com Lúcia e falou com o seu irmão que insistia em sempre falar com a sua irmazinha. A pessoa que ela mais queria que a notasse não a  notava, ela já havia perdido as esperanças.

***
Sua boca se abriu em um gesto de surpresa ao ver Justin indo falar com Lúcia antes de ela ir embora, que diabos teria acontecido a Lúcia, ela sabe mais do que qualquer um que eu amo ele, pensou consigo mesma tentando encontrar algum motivo lógico para isso, não encontrou, o que já era de se esperar.

Lúcia não atendia ás suas ligações, nem mensagens, Olívia já estava começando a ficar preocupada e irritada por motivos óbvios.

CONTINUA

Antes de tudo meu nome é Janaína e eu espero que tenham gostado do primeiro capitulo, deem a opinião de vocês nos comentários, importa muito. :)

3 comentários: