19 de jan de 2013

Life Contagious - Parte 8

"Esse beijo é algo que não posso resistir
Seus lábios são inegáveis
Esse beijo é algo que não posso arriscar
Seu coração não é confiável"This Kiss - Carly Rae Jepsen




Megan On*
Eu e Jason estavamos jantando, Jason as vezes me surpreendia pelo fato dele não ser mais cheinho, ele come muito mesmo!
Jason: A comida daqui é boa né?
Megan: E sim, eu gostei daqui, obrigada por me convidar.
Jason: De nada, eu estou querendo mudar, não quero mais ficar de casa pra oficina e da oficina pra casa.
Megan: É eu te entendo..
Justin On*
Eu estava indo a caminho do escritorio do meu pai, ele me chamou para conversarmos. Chegando lá ele estava sentado, e parecia estar a minha espera.
Jeremy: Senta ai -se referiu a cadeira-
Sentei lá e olhei para meu pai esperando oque ele queria falar comigo.
Jeremy: Justin eu tenho observado a sua amizade com Megan..
Justin: Oque tem?
Jeremy: Você não sente algo por ela né?
Eu não tinha a minima certeza do que eu sentia, eu não sabia se eu queria a Megan ou seu sangue então essa é uma pergunta que eu não posso responder, não tenho uma resposta concreta.
Justin: Não.. eu não sinto nada por ela, somos apenas amigos.
Jeremy: Que bom, por que você sabe que isso nunca vai dar certo.
Justin: Isso oque?
Jeremy: um relacionamento entre você e a Megan, Justin, que fique bem claro que eu não tenho nada contra ela, acho ela uma excelente garota.
Justin: Por que isso não daria certo?
Jeremy: Justin você vai coloca-la em perigo, você não vai se controlar, vai ser como enfiar alfinetes na sua garganta.
Justin: Já e assim quando estou perto dela, mais isso está diminuindo, está mais suportável.
Jeremy: Mesmo assim, Megan não pode saber que você é um vampiro, isso também colocaria em perigo.
Justin: Tá pai eu sei, era só isso? -disse seco-
Jeremy: Calma, e era sim. Mais eu não disse que vocês não podem ser amigos!
Justin: Era só isso? -disse mais seco ainda-
Jeremy: É.. só isso!
Me levantei dali quase arrancando os pisos com meus pés, estava irritado por saber que aquilo que meu pai me disse era verdade, e eu achando que isso era possivel. Eu sabia de todos os pensamentos de Megan, sabia que ela as vezes me achava estranho, sabia oque ela achava de mim, sabia que ela me achava gostoso quando eu usava regata.. Tá mais isso não chega ao caso, eu também sabia que Megan era apaixonada por mim, ela era igual a mim, não tem certeza de um sentimento. Mais quer saber, talvez isso nunca der certo, qual é essa coisa de amor não existe mesmo, vou deixar Megan ser feliz com Jason, apesar de eu não gostar dele, sei que ele a ama e pode fazer-la feliz, ao contrario de mim, que posso matar ela em um abraço. Não vai ser fácil esquecer a Megan, mais é isso que eu vou fazer.. aparti de depois de amanhã, amanha eu vou na casa dela.. eu posso ir mais tarde!... eu sou um fraco isso sim.
[...]
Megan On*
Depois de darmos uma volta de moto pela cidade, Jason me deixou em casa, faltava poucos minutos para as 00h eu estava mega cansada então fiz minha higiene pessoal, coloquei meu pijama e fui dormir.
Justin On*
Estava a caminho da casa da Megan, era tão fácil e rapido chegar lá. Quando cheguei, entrei pela sua janela, eu ainda não atravesso paredes rs. Megan dormia como um anjo, ela também tinha o sono pesado, nunca me notou alí. Me aproximei dela, sentei em sua cama e acariciei seu rosto, e me sentei. Fiquei ali acariciando seus cabelos e observando ela.
[...]
Outro dia 09h15 da manhã
Megan On*
Eu havia acordado e fui tomar café com Elyn, meu pai sempre saia cedo, então nunca tomávamos café da manhã juntos, apenas aos domingos. 
Elyn: Como foi o jantar ontem?
Megan: Muito bom, a comida era muito boa!
Elyn: Bobinha, não estou falando da comida.
Naquela hora eu engasguei, por que Elyn parecia tão.. inocente.
Megan: Elyn eu e Jason somos amigos!
Elyn: É eu sei que você gosta mesmo é do Justin.
Megan: Gosto nada! ele também é meu amigo.
Elyn: Uhum, então tá..
Megan: Que foi?
Elyn: Querida, você não pode esconder essas coisas de mim.
Megan: Não to escondendo nada.
A Elyn era meio.. sei lá, mais só percebi isso hoje. Ela deve ficar observando quando eu estou com Justin aqui em casa, ou com Jason! Ela já está sabendo demais pro meu gosto. Tomamos café, e depois ajudei Elyn com a louça e limpar a casa.
[...]
Elyn saiu e não fez almoço, ela deixou o telefone de um restaurante para que eu pedisse comida para mim e pro meu pai. Eu fiquei na sala mexendo no meu notebook, depois de um tempinho a campainha tocou e eu fui atender, fiquei feliz pois era Justin.
Justin: Oi -ele sorriu-
Megan: Oi, entra ai.
Justin entrou e se sentou.
Justin: Tá fazendo oque?
Megan: Vendo filmes pelo notebook!
Justin: Que tipo de filme?
Megan: Romance.
Justin: Você gosta disso? -ele fez uma cara de nojo-
Megan: Você não?
Justin: Prefiro filmes de terror, ou filmes sangrentos. (amo quando o Jus faz isso, acho sexy)
Megan: Odeio esses tipos de filme, mais gosto de scooby doo, é um começo.
Justin: Eu também gosto (rimos juntos).
Eu e Justin paramos de rir e nos olhamos, retirei meu cabelo do meu rosto, e Justin me puxou para perto pela nuca, nos beijamos intensamente.

Naquele momento senti borboletas no estomago, senti uma coisa diferente, eu poderia beijar seus lábios macios todos os dias.
Justin On*
Beijei Megan, nos beijamos, eu não sei oque aconteceu. Foi o melhor beijo da minha vida, e olha que eu já vivi tanto tempo. Megan era incrível, e eu percebi que aquilo era amor quando nos beijamos. Seria horrível nunca mais sentir essa sensação maravilhosa que é a junção dos nossos lábios. Terminamos o nosso beijo, não foi longo, mais foi intenso, oque o tornou de alguma forma especial.
Justin: Desculpa isso não vai mais acontecer. -ele disse tomando um pouco de distancia de mim-
Megan: Não, a culpa foi minha desculpa!
Ficamos sem jeito, meio abobados, meio não, super abobados. Ficamos em silencio um pouco, até que eu resolvi cortar aquele clima tenso.
Megan: Já almoçou?
Justin: Não.
Megan: Otimo, você vai almoçar comigo. -eu sorri-
Justin: Oque vamos comer de bom? -ele retribuiu o sorriso-
Megan: Vamos ver agora.
Levantei, peguei o telefone e voltei para o sofá.
Megan: Vai querer oque?
Justin: Não sei.. pede qual quer coisa!
Megan: Aproveita que hoje é por minha conta. -brinquei-
Justin: Opa, então vou pedir o restaurante todo.
Rimos.
Megan: Sério, vai querer oque?
Justin: Spaghetti!
Megan: Acho que também vou querer isso, você gosta de batatas fritas?
Justin: Claro!
Megan: Ok, vou pedir para acompanhar.
Pedi a nossa comida e esperamos ela chegar, estávamos sentados no sofá, eu estava deitada no ombro de Justin e ele estava me abraçando. Justin nunca foi tão fofo comigo...
CONTINUA
Aw gente, to morrendo com tanta fofura :3 e eu também to morrendo por isso haha comentem amores ;3





4 comentários:

  1. COOOOOONTINUA LOOOGO *-* Virei fã numero 1 da Sua IB KKK

    ResponderExcluir
  2. *oo* Cooontinuaaaaaaaaaaaa
    Leitora nova
    @NovinhDoJUS

    ResponderExcluir
  3. meo deos, desculpa aí Mayara Alves mas a fã número 1 sou eu ! Kkkkkkkkkkkkkkk' -n
    Tá muito fofo, mais fofo do que nunca, vontade de apertar o justin kra !

    ResponderExcluir
  4. A bunda do jubs é a melhor!

    ResponderExcluir